O Fim do Mundo - Cristãos e Judeus - Unificação - Ciência Eterna

Unificação da Casa de Israel
(Ezequiel 37.21)
Ir para o conteúdo

O Fim do Mundo

PRINCÍPIOS
FIM  DO  MUNDO
Seria insensato acreditar que o Eterno criou um planeta, durante bilhões de anos, com uma imensa população viva de plantas, animais e homens, para destruí-lo em determinado momento, por conta de uma parcela de seus habitantes que, devido seus naturais limites morais e intelectuais, não se interessaram por conhecer as leis que regem a Criação. Não seria mais coerente admitir que o Senhor Deus, em vez de pôr fim à maravilhosa obra feita no planeta, separasse os habitantes desinteressados, daqueles outros que têm boa vontade? Certamente, segundo a lógica da vida inteligente. Com isso, será possível reorganizar a vida das nações, equilibrar o ecossistema, com novos métodos, onde o cuidado com a natureza, o bem, o amor a Deus e ao próximo, seriam a regra fundamental. Não existe nenhum motivo para o Criador destruir o planeta. Quem ensina o contrário, conspira contra o futuro da humanidade e dos homens. O Deus de Israel deseja que todos os homens se salvem, sejam esclarecidos a respeito das verdades Eternas e vivam em paz.

O mundo continuará sua trajetória de progressividade, acompanhando o movimento do próprio Universo, passando por todas as fases necessárias, até que atinja o grau de verdadeira civilização, um tanto diferente do atual estilo de vida das nações, onde os interesses individuais predominam sobre os coletivos. Uma crise, provocada por uma humanidade em descontrole, levará as nações ao colapso. É o que deve acontecer nos próximos anos. Os textos sagrados tratam desse difícil período, trazendo alertas ao Povo de Deus, fartamente documentadas nas Escrituras Hebraicas e Cristãs.

A crise de descontrole no planeta está sendo provocada por elementos desconhecidos do homem, incluindo a ciência e as religiões. Somente alguns poucos servos do Senhor Deus têm entendimento das causas que levarão o mundo ao descontrole e ao caos social. Como afirmou o Cristo, haverá guerras, terremotos, fome, pestilências, como sinais precursores do Juízo. Será um período de aflição como nunca houve, nem mais haverá. O Povo de Deus vai atravessar a Grande Tribulação, instruindo, dando testemunho do Evangelho Eterno e se preparando para a reconstrução da vida e da futura civilização. As testemunhas do Eterno Deus são almas elaboradas durante milênios e estarão aptas a transmitir aos povos a orientação do Todo Poderoso. O mundo não vai acabar, ao contrário, será transformado em um lugar de paz e eternas realizações, como sonham os homens de bem.

xCIÊNCIA ETERNAx
Conheça os fundamentos.

Se você recebeu bem os princípios anunciados no Portal Meu Povo, inscreva-se para ter acesso a estudos, pregações e eventos.

Ciência Eterna
Voltar para o conteúdo